Casal indiciado por sequestro de bebê tem prisão preventiva decretada
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 02/07/2023 18:24

Em audiência de custódia realizada neste domingo (2/7), as prisões em flagrante de André Correa Caetano e Fabíola Santos da Silva foram convertidas em preventivas. Eles são suspeitos de sequestrar um bebê recém-nascido. A criança foi encontrada na residência do casal em Piedade, Zona Norte do Rio.

De acordo com informações do processo, Fabíola teria se aproximado da mãe do bebê, quando esta ainda estava grávida, na Maternidade Municipal Carmela Dutra. Após o parto e ganhando a confiança da mãe, Fabíola levou a criança.

"Da análise dos elementos probatórios coligidos ao feito, verifica-se que a custodiada Fabíola, inicialmente, se aproximou da mãe da criança ainda durante a gestação, quando ela estava internada em razão de problema de saúde. Valendo-se desta fragilidade e utilizando-se de outros artifícios, tais como doação de roupas e alimentos, a conduzida foi ludibriando a vítima e ganhando sua confiança, de modo que conseguiu ficar como acompanhante no dia do parto e durante toda a internação, até a alta hospitalar", destaca a decisão.

Fabíola da Silva e o marido, André Correa, foram presos em flagrantes na sexta-feira (30/6).

Processo: 0886408.50.2023.8.19.0001

MG/ FS / MB