Estudo da Produtividade Média Apurada por Servidor
Notícia publicada por ASCOM - CGJ em 09/05/2022 16:12
Acesse e conheça

A Corregedoria Geral de Justiça tem buscado conhecer a produtividade individual dos servidores, gerar o uso consciente de seus recursos, atingir o nível de qualidade desejado e a melhoria dos processos de trabalho, a eficiência do capital humano, elevando a marca do PJERJ dentro da sociedade, com o diferencial na entrega do valor público.

Com este fim, é crucial que o gestor adote medidas que viabilizem estabelecer o equilíbrio da produtividade dos servidores que compõem a unidade, sem prejuízo à saúde destes.

A implementação do Estudo da Produtividade Média Apurada tem como objetivo fornecer um norte para que tanto os servidores quanto os gestores tenham dados que possibilitem traçar planos de gestão de resultados para os servidores na unidade judicial e o aprimoramento da produtividade média individual.

Conheça mais sobre você e a dimensão real de sua atuação!

O Estudo da Produtividade Média Apurada traz as produtividades médias dos servidores individualmente, assim como as utiliza para indicar médias referentes às serventias, grupos de atribuição, comarcas, NUR e a média geral por servidor da Corregedoria Geral da Justiça.

A partir desses números, deverão ser traçadas ações, melhores práticas e soluções para o alcance de resultados individuais, visando sempre à melhor prestação de serviço ao cidadão.

 

Para mais informações encaminhe e-mail para dipla.semap@tjrj.jus.br

Clique conheça os números:

Produtividade Média Apurada por Servidor e Metas de Produtividade - Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro - Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (tjrj.jus.br)