Total de autos conclusos há mais de 100 dias teve redução de 51,23% em comparação com abril
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 20/08/2020 12:03

Um levantamento realizado pela Diretoria Geral de Fiscalização e Assessoramento Judicial (DGFAJ) identificou que os autos conclusos há mais de 100 dias registraram queda de 51,23%. Os dados, referentes aos processos físicos e eletrônicos, foram obtidos a partir da comparação de agosto de 2020 com abril do mesmo ano.

Atualmente, o total de processos conclusos há mais de 100 dia é de 9.840. A redução se deu, principalmente, pelo monitoramento da produtividade dos juízes, implementado por determinação do Corregedor-Geral, desembargador Bernardo Garcez. A intenção é manter o processamento regularizado, inclusive no período da pandemia.

 

Em março de 2020, foi feito levantamento de informações dos juízes que tinham as maiores quantidades de processos pendentes de despacho ou sentença. Desde então, o próprio desembargador Garcez passou a acompanhar a situação por meio de e-mails aos magistrados. Com isso, a quantidade de juízes com autos conclusos há mais de 100 dias também diminuiu, conforme indica o gráfico.

A DGFAJ constatou ainda a diminuição de processos paralisados há mais de 500 dias. Atualmente, existem 694.464 processos físicos e eletrônicos nessa situação, resultando em uma queda de 47,92%, comparado com fevereiro de 2020.
 

 

Tais resultados são reflexo da dedicação despendida à produtividade do Primeiro Grau de Jurisdição pelo Corregedor-Geral e sua equipe. Além das fiscalizações, a Corregedoria Geral da Justiça do RJ está atenta às soluções tecnológicas para garantir prestação jurisdicional eficiente, mesmo no período de isolamento social.