Banco de dados para consulta de firmas abertas teve mais de 134 mil acessos em menos de 3 meses
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 26/06/2020 16:07

Inaugurado a pouco menos de 3 meses, o banco de dados de depósito de firmas em todo o estado, desenvolvido pela Corregedoria, já ultrapassou os 134.500 acessos. A ferramenta permite que qualquer usuário consulte de forma virtual, através do Portal Extrajudicial, em qual cartório ele tem firma aberta. Para isso, basta informar nome e/ou CPF para localizar a unidade em questão.

A iniciativa se mostrou ainda mais relevante no momento de pandemia do Coronavírus, já que evita que os cidadãos tenham que procurar os cartórios de forma presencial. A ferramenta é bastante útil quando as pessoas não se recordam onde realizaram a abertura de sua firma ou quando o cartório se mudou de endereço, evitando ainda o gasto de dinheiro extra com abertura de firma em um novo cartório. 

A pesquisa é feita a partir do nome e/ou CPF e indica os dados do cartório em que foi depositada firma, como telefone, endereço e e-mail. O projeto foi desenvolvido pela Diretoria Geral de Fiscalização e Apoio às Serventias Extrajudiciais (DGFEX) com o apoio da Diretoria Geral de Tecnologia da Informação e Comunicação de Dados (DGTEC)/Equipe Anoreg, utilizando dados transmitidos por meio dos selos de fiscalização. 

Com essa medida, o Corregedor-Geral, desembargador Bernardo Garcez, possibilita a organização e democratização de acesso aos dados públicos de depósito de firmas do estado do Rio de Janeiro, garantindo direitos de cidadania, trazendo benefícios na relação do TJRJ com seu jurisdicionado.

Consulte o depósito de firmas aqui