Mais de 80 varas judiciais receberam reforço de pessoal da Corregedoria com GEAP nos últimos 9 meses
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 28/11/2019 18:47

 

Em nove meses de gestão, o Corregedor-Geral da Justiça, desembargador Bernardo Garcez, designou 82 Grupos de Auxílio Programado (GEAP-C) às varas com processamento emperrado. O objetivo é oferecer reforço de pessoal, visando a redução da Taxa de Congestionamento. Os GEAPs são designados pelo Corregedor para tentar melhorar a celeridade processual. 

Foram mobilizados 835 servidores para comporem os grupos de apoio, que se destinam ao processamento, digitação, cálculo de custas ou indexação e arquivamento. Atualmente, 29 serventias estão com GEAP em andamento.

O Corregedor estabeleceu critérios para autorizar a atuação do GEAP, reforçando as varas com alta produtividade, mas que ainda assim têm indicadores insatisfatórios. Os juízes precisam ter Índices de Produtividade e Índices de Atendimento à Demanda iguais ou superiores à média do grupo de atribuição, além de não terem autos conclusos há mais de 30 dias. Também têm preferência os juízos com menor número de funcionários e que não tenham recebido auxílio da CGJ nos últimos 12 meses.