DGFAJ e DEGEP reúnem-se para melhorar processamento e gestão da 1ª instância
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 04/06/2019 18:00

 

Os representantes da Diretoria Geral de Fiscalização e Assessoramento Judicial (DGFAJ), da Corregedoria, e do Departamento de Gestão Estratégica e Planejamento (DEGEP), da Presidência, se reuniram para colocar em prática o projeto de apoio à gestão cartorária das unidades judiciais do 1º Grau que foram inspecionadas pela CGJ.  

Após a realização de diversas inspeções judiciais determinadas pelo Corregedor-Geral, desembargador Bernardo Garcez, foi constatado que as serventias empenham-se em cumprir as determinações dentro do prazo estabelecido. No entanto, o ritmo de trabalho não é constante, fazendo com que os índices caiam novamente em pouco tempo.

Diante disso, a Corregedoria da Justiça atuará em conjunto com a DEGEP para fornecer orientação capaz de melhorar o  processamento. A intenção é melhorar a gestão cartorária para que os serventuários atuem de forma planejada.

A Corregedoria utilizará metodologia desenvolvida pelo DEGEP para mapear e documentar as informações sobre as varas. Assim, será possível apresentar planos de ação para as serventias, conforme o Sistema Integrado de Gestão Administrativa (SIGA). Para isso, os servidores da CGJ se capacitarão no Sistema de Gestão. As varas também contarão com apoio técnico da DGEP para fazer usos desses dados.

O utilização do SIGA representará a redução significativa de processos paralisados e acervo geral, conforme constatou a DEGEP em ações anteriores.

A comarca de Magé será utilizada como piloto do apoio à gestão cartorária. A unidade foi escolhida por já contar com o SIGA e por apresentar índices menores de movimento processual.

A reunião contou com a presença da diretora-geral da DGFAJ, Simone Ferreira de Oliveira e Cruz, da diretora da Divisão de Fiscalização Judicial (DIFIJ), Patrícia Alves de Lima, da Diretora do DEGEP, Michele Vieira de Oliveira, do diretor da DIAGE, Heitor Vasconcelos o do chefe de serviço da DIAGE, Rodrigo Rosário.