Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Parceria entre órgãos é exaltada em seminário no auditório da Corregedoria

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2017-09-22 15:40:00.0

Na abertura do seminário “A interface da atividade Judicial com a atividade Notarial e Registral: Novos desafios”, realizado nesta sexta-feira, dia 22, o juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça (CGJ), Marcius da Costa Ferreira, afirmou que o debate e o trabalho em equipe são fundamentais para o aprimoramento dos serviços extrajudiciais.

O evento foi realizado no auditório da Corregedoria, Desembargador José Navega Cretton, na Lâmina I do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

“Existe um conjunto de atividades que moderniza a Justiça, que não é de responsabilidade só de magistrados. E dentro dessa modernização há os serviços extrajudiciais, que precisam ser bem trabalhados e discutidos com órgãos que estão ligados ao Poder Judiciário”, disse o magistrado.

Em nome da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o diretor-geral da Escola Superior de Advocacia da OAB-RJ, Sérgio Coelho, disse que o seminário é uma prova clara da parceria entre a entidade e o TJ do Rio.

“Nós só conseguimos avançar com um diálogo, quando há o envolvimento de todas as partes que trabalham com a Justiça aqui no Rio”, avaliou.

Para o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio (Anoreg), Renaldo Bussière, as conquistas da parceria entre a Anoreg e a Corregedoria demonstram que o trabalho é feito com zelo e cuidado.

A palestra de abertura do seminário foi proferida pelo juiz federal Vitor Frederico Kümpel, com a análise do novo Código de Processo Civil e a atividade notarial e registral. A mesa de debate foi composta pelo desembargador Sérgio Ricardo de Arruda Fernandes e pelo vice-diretor da Escola Superior de Advocacia da OAB do Rio, Fernando Cabral Filho.

A programação contou com palestras sobre os temas “O papel da Corregedoria Geral e Permanente na atividade notarial e registral”, “Novos desafios do Registro Civil”, “O Direito Real de Laje” e “O Protesto no Século XXI”.

Durante o evento, o juiz Vitor Frederico Kümpel, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP),  fez o lançamento de dois livros da coleção “Tratado Notarial e Registral”, da YK Editora: “Registro Civil das Pessoas Jurídicas, Registro de Títulos e Documentos e Tabelionato de Notas” e “Ofício de Registros de Contratos Marítimos e Ofícios de Distribuição”.

Fonte: Assessoria de Imprensa do TJRJ