Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Central de Aprendizagem: orientações sobre encaminhamento de formulários

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em Thu Jul 13 15:38:00 BRT 2017

Em aviso assinado dia 10 deste mês, o Corregedor-Geral da Justiça, desembargador Claudio de Mello Tavares, orientou os magistrados das Serventias Judiciais de 1ª Instância com competência em infância, juventude e idoso e os servidores das respectivas Equipes Técnicas e Interdisciplinares, os membros da Defensoria Pública e os membros do Ministério Público quanto aos procedimentos que deverão ser adotados para o encaminhamento dos formulários com os dados cadastrais e documentos de adolescentes em conflito com a lei ou em situação de vulnerabilidade social para a Central de Aprendizagem da Corregedoria Geral da Justiça.

Deverão ser realizados os seguintes procedimentos e orientações:
Acesso ao Sistema de Gerenciamento de Questionários (G-QUEST) e preenchimento com os dados dos jovens e adolescentes diretamente no formulário on-line;
Cadastro de Programas de Aprendizagem, disponibilizado no portal do PJERJ;
Envio da respectiva documentação digitalizada para o e-mail da Central de Aprendizagem através do endereço eletrônico: centraldeaprendizagem@tjrj.jus.br.

Documentos necessários à habilitação dos candidatos para encaminhamento e inclusão em programas de aprendizagem:
Certidão de Nascimento
RG
Certificado de Reservista (quando aplicável)
Título de Eleitor (quando aplicável)
 CPF
 Carteira de Trabalho – CTPS
Comprovante de matrícula na escola
Comprovante de Residência
RG do responsável pelo adolescente

Os mesmos procedimentos poderão ser realizados por membros da Defensoria Pública e do Ministério Público que já detiverem senha de acesso ao sistema de processo eletrônico, sendo, no entanto, necessário entrar em contato com a DGTEC para requerer a liberação de acesso ao Sistema de Gerenciamento de Questionários (G-QUEST) para a utilização do formulário Cadastro de Programas de Aprendizagem, através do telefone 3133-9100.

Membros dos referidos órgãos que, porventura, não possuam cadastro no sistema de processo eletrônico do PJERJ deverão procurar o serviço de Tecnologia da respectiva instituição para realizá-lo, e, posteriormente requerer o acesso conforme indicado acima.

Os usuários do TJ e os membros da Defensoria ou Ministério Público que estiverem devidamente cadastrados poderão enviar os formulários dos adolescentes para inclusão no Cadastro da Central de Aprendizagem da CGJ através do seguinte caminho:
Acessar a página do Tribunal de Justiça -SERVIÇOS - SISTEMAS - LOGIN E SENHA (a mesma do contracheque/processo eletrônico)-SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE QUESTIONÁRIOS -CADASTRO - CADASTRAR RESPOSTAS -Selecionar o formulário - CADASTRO DE PROGRAMAS DE APRENDIZAGEM – ENVIAR

 Eventuais dúvidas quanto ao acesso ao sistema, poderão ser esclarecidas pela DGTEC (3133-9100), e, no que concerne às atribuições e funcionamento da Central de Aprendizagem, pelo telefone 3133-2933 ou através do e-mail: centraldeaprendizagem@tjrj.jus.br .