Emerj comemora 25 anos com entrega de medalha a 20 personalidades
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 10/12/2013 21:04

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) realizou, na noite desta terça-feira, dia 10, solenidade em comemoração ao seu 25º aniversário. Na ocasião, houve a entrega de 20 medalhas a personalidades que prestaram relevantes serviços à cultura jurídica, ao Judiciário e à sociedade.

A presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargadora Leila Mariano, lembrou a dificuldade de se fazer a seleção de agraciados. “Temos muitos colegas que contribuem para o crescimento da Magistratura. A medalha, portanto, tem um grande valor para quem a recebe. Gostaria de parabenizar os homenageados e também a Escola”.

O diretor-geral da Emerj, desembargador Sérgio Verani, homenageou, em seu discurso, os ex-diretores da Emerj. O magistrado também lembrou outras datas importantes, que estão sendo comemoradas neste mês de dezembro. “Além  dos 25 anos da Escola da Magistratura, celebramos também os 25 anos da Constituição Federal e os 65 anos da Declaração dos Direitos Humanos”, destacou. O desembargador aposentado Manoel Carpena Amorim representou os antigos diretores da Escola. “Costumo dizer que a Emerj é o coração da Magistratura. Estou emocionado e feliz por participar deste evento”.

Foram condecorados com a Medalha Emerj os desembargadores Joaquim Domingos de Almeida Neto e Marcelo Castro Anátocles; os juízes Andréa Pachá, Denise Nicoll, Eduardo Klausner, Luciana Halbritter, Marcius da Costa, Marcos Augusto Peixoto, Maria Cristina Gutierrez, Maria Lúcia Karam, Maria Tereza Donatti e Regina Helena Fábregas; os professores Juarez Estevam e Miguel Baldez; a coordenadora do Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Maria de Lourdes Lopes; a delegada de Polícia Jéssica Oliveira e os servidores Maria Cristina Camargo, Isabel Teixeira, Sinézia Portugal e Ivan Reis.

Galeria de Imagens