Nota da CGJ: Todos os juízes intimados apresentaram documentos e explicações no prazo de 72 horas
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 12/08/2019 19:17

 

O Corregedor-Geral da Justiça, desembargador Bernardo Garcez, remeterá ao CNJ cópia dos 44 procedimentos, nos quais determinou que os juízes, que obtiveram licenças remuneradas para estudos no Brasil e no Exterior, apresentassem os documentos comprobatórios das conclusões dos cursos e aprovação dos trabalhos acadêmicos.

O desembargador Bernardo Garcez explicou que, dos 44 juízes de primeira instância intimados, 40 apresentaram, no prazo concedido, os diplomas, trabalhos de conclusão de curso e documentos de frequência. Os outros quatro apresentaram justificativa, dentro das 72 horas, mas suas alegações serão examinadas em investigação do artigo 9º da Resolução CNJ 135, de 13 de julho de 2011. Isso permitirá aos estudantes provar a veracidade de seus argumentos e justificativas.